09 Set.

10 Set.

Domenico Lancellotti (BR)

Multi-instrumentista, cantor, compositor, Domenico Lancellotti é uma das grandes referências da música brasileira. Carioca de ascendência italiana, formou juntamente com Moreno Veloso e Alexandre Kassin um dos grandes projetos experimentais da música brasileira, o + 2. Foi um dos fundadores da Orquestra Imperial e toda a vida tocou lado a lado com nomes como Caetano Veloso, Arto Lindsay, Adriana Calcanhotto, Gilberto Gil, Moreno Veloso, Gal Costa ou Chrissie Hynde. Na edição MMXX do Estaleiro em 2020-2021, durante o período pandêmico, Domenico juntamente com Tomás Cunha Ferreira, formando COM(1) foram um dos projetos em residência artística em Esposende aprofundando a matéria de que é feito o lugar do Estaleiro. Em 2022 volta ao Estaleiro, agora com público, e traz consigo Nina Miranda a voz tremenda da banda de trip hop brasileira Smoke City.

Descobrir

Nina Miranda (BR)

Nina Miranda é cantora e compositora pioneira do 'Trip Hop' no Brasil e deu voz a bandas tão icônicas como os Smoke City (da mítica canção "Underwater Love"), Arkestra 1, Shrift ou ZEEP. No Estaleiro viaja com Domenico Lancellotti, partilhando uma longa amizade em palco em canções que viajam da música popular brasileira até grandes desvios entre o trip-hop e o experimental.

Descobrir

Murman Tsuladze (FR)

Festa, dança e fusão cósmica marcam a música de Murman Tsuladze. No cenário juntam-se os músicos Zauri de Makhatchkala e Aristófane Krikor Berdzenishvilli. O trio com sede em Paris surgiu em 2019, com o ep 'La flemme de danser', misturando batidas eletrônicas com sintetizadores, rock da Anatólia e letras em Georgiano. Afiliados ao famoso coletivo francês La Femme, Murman marca a sua estreia nacional no Estaleiro 2022, e serão um dos picos altos do festival para dançarmos de novo todos juntos.

Descobrir

Mundo Prestígio (ES)

Mundo Prestígio nasceu em 2019 em Vigo com a reconversão de Jay, uma banda de noise rock composta por Ju, Brais, Fiz e Fer. As novas inquietações musicais, assentes na técnica do sampling e com uma clara orientação para o hip hop, levaram os quatro membros da banda a limpar a base e a criar este novo projecto a meio caminho entre uma banda e um grupo de produtores. Será uma das grandes estreias para descobrir no Estaleiro em 2022.

Descobrir

OTSOA (PT)

João Soares, também conhecido como DJ Otsoa, nascido e sediado no Porto, actualmente como produtor do Clube Passos Manuel, co-fundador da Mera Label e co-fundador do Ócio, traz-nos a sua energia inigualável para a pista, deixando sempre rasto nas pessoas que o ouvem e no espaço que o recebe. A sua escola de electro, acid e breakbeat desenvolve-se ao longo do seu percurso, não deixando para trás as suas influências de Detroit que o guiam até hoje. Otsoa surge no Estaleiro como uma presença para ficar amarrada à espinha dorsal do festival, será um momento raro de duas horas de set dentro de um estaleiro naval.

Descobrir

NALU (BR)

Brasileira, baseada em Portugal, Nalu é DJ, psicóloga e pesquisadora das Festas de Rua de Música Eletrônica underground. Integrante do núcleo Goma Rec. e do Coletivo Arruaça, que há 8 anos realiza Festas de Rua nos espaços públicos urbanos de Porto Alegre, Nalu performa gêneros musicais como a House Music, Break Beat, Electro, Drum and Bass e UKG, de maneira inteligente e atual. Em seus sets, constrói narrativas com ambiências cósmicas, que conduzem xs ouvintes a um passeio por texturas sonoras... suaves, quebradas e dançantes. Juntamente com OTSOA vem na curadoria da MERA label para fechar a primeira noite do Estaleiro 2022.

Descobrir

Bilhetes